Home » Ministérios » Cristãos tocam no Rock in Rio

Cristãos tocam no Rock in Rio

Banda venceu concurso universitário e representará rock independente do Rio de Janeiro

A banda carioca Memora se apresenta hoje (22) no palco Rock District, do evento Rock in Rio. O grupo, que é um dos ícones do novo movimento, conseguiu a proeza após vencer um concorrido festival de bandas universitárias – o FMU – e representa a cena rock do Rio de Janeiro.

O novo movimento consistiu num movimento de bandas de rock com integrantes cristãos que desejam fazer música sem a limitação estética e lírica de pertencer ao universo musical religioso. Ou seja, apesar da fé cristã, não se intitulam “gospel”. O movimento se iniciou com Aeroilis e Tanlan, e ganhou força também com outros nomes, como Palavrantiga, Os Oitavos, Quarto Fechado, Crombie e Velho Irlandês.
A Memora é um dos grupos desta manifestação artística e iniciou sua discografia em 2013, com um EP autointitulado, que foi disponibilizado gratuitamente para download. Em 2015, saiu o single “Ela”, que fez crescer a exposição do conjunto no cenário independente.

Atualmente, a banda conta com sua formação original, que consiste em Rafael Lima (vocal e guitarra), Rod Xavier (guitarras e vocal), Filipe Lima (baixo e teclados) e William Mardônio Jr. (bateria e efeitos). A musicalidade puxa de vários gêneros do rock, como o funk, o blues e o rock alternativo, com a intenção de produzir algo à moda brasileira e com muito groove.

O quarteto conseguiu elogios da crítica, incluindo o produtor Liminha, que já trabalhou com nomes como Titãs, Os Mutantes e Skank. “Muito boa essa banda. Não sei por onde eles estavam andando que eu ainda não tinha ouvido falar deles. Estavam escondidos em algum lugar”, afirmou.
O vocalista Rafael Lima falou sobre as expectativas acerca da apresentação. “Estamos pensando em um show enérgico, alegre, para celebrar as conquistas do rock do Rio de Janeiro. Não estamos sozinhos e levaremos conosco, em nossos corações, as tantas outras bandas maravilhosas que estão com a gente nessa caminhada”.

Em entrevista cedida ao Super Gospel em 2016, o guitarrista Rod Xavier falou acerca da ligação da Memora com o Novo Movimento. “Uma coisa muito bacana pra gente é a experiência de falar do Amor sem que esperem algo da gente. É diferente de um culto ou show gospel, onde as pessoas já sabem que a gente está ali em nome de Deus. Lá fora a conversa é mais leve, o que nos surpreende”.
“Um artista que divide um line com a gente ou alguém que chega pra conversar, que sacou o teor das letras curioso do que deu na gente pra cantar aquilo, é como se houvesse fé e esperança em qualquer lugar e a gente antes não percebia porque só fazia mero entretenimento no secular, ou só tocava dentro da igreja!”, acrescentou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado .Campos obrigatórios são marcados *

*